volta ao índice das edições de 2001 EDIÇÃO n.º 19 (Setembro de 2001)
 
POR AMOR DE DEUS NÃO LEIA:
EDITORIAL: Não dispensa a consulta do prospecto
Se reparou na capa, este é o penúltimo número do Eito Fora. É verdade. Em Dezembro encerramos as portas. Tudo tem um fim. Por que é que o Eito Fora haveria de ser diferente? Só porque realmente o tem sido?...
Editorial de Rui Ângelo Araújo
CRÓNICA DE VIAGEM: No trilho dos deuses
Parte 2: Lugares mágicos
Reincidimos na Grécia. Havemos de o fazer até que nos calhe em sorte lá ir (aceitamos convites). Entretanto, roemo-nos de inveja com o relato da Dora Mota. E o leitor, se for humano, também se há-de roer.
«Só espreitando a Grécia pela lente da sua enorme e criativa rede de deuses para todas as coisas se lhe encontra algum sentido», diz ela. Espreitemos.
Texto e fotografias de Dora Mota
HISTÓRIA: O último carrasco
Não se assuste: este texto do Luís Teixeira sobre o último carrasco não tem nas entrelinhas nenhuma ameaça aos leitores menos fiéis do Eito Fora. Não andámos em nenhuma madrassa com o Bin Laden!... Somos tolerantes! Não íamos agora andar para aí a perseguir ninguém, encapuçados, a espumar de raiva, com uma corda na mão! (Se ainda fosse uma guilhotina...)
Texto e fotografias de Luís C. Teixeira
Ilustração de Paulo Araújo
QUESTIONÁRIO: J. Rentes de Carvalho
Queríamos ir à Holanda, mas a coisa correu-nos mal. A administração não largou a verba necessária. Bem lhes dissemos que Rentes de Carvalho era uma descoberta, um escritor cintilante, um best-seller, e a entrevista um exclusivo... Mas nada. Teve que ser pela Internet e a expensas da Redacção. Fica-nos o consolo de que não mentimos: Rentes de Carvalho é uma descoberta, um best-seller... e vamos mandar a conta do telefone ao GDCV!
Entrevista de Rui Ângelo Araújo e Carlos Chaves
Fotografias de Ronald Hoeben e Sjaak Ramakers
REPORTAGEM+ENTREVISTA: José Leon Machado (Projecto Vercial)
Parte 1: Reportagem (Projecto Vercial, Letras & Letras, etc.)
Parte 2: Entrevista com José Leon Machado

Na ânsia de viajar, já em desespero, fomos em safari a Chaves. Saiu-nos ao caminho um Leon, José Leon Machado. Grrrrrrr!
Soubemos-lhe dos projectos e gostámos. O Projecto Vercial é «a maior base de dados sobre literatura portuguesa», O Guerreiro Decapitado é um bom romance, e a entrevista com Leon Machado foi um bom trofeu que trouxemos para casa. Está em exposição nesta edição.
Texto e fotografias de Rui A. Araújo e Carlos Chaves

PROVOCAÇÕES: O choque de culturas
«... aqueles momentos sublimes em que o maestro se volta com os olhos a faiscar para mandar calar o povaréu bruto e ignorante.»
Texto de Rui Ângelo Araújo
Fotomontagem de Paulo Araújo

EITO 18: A POLÉMICA
APARTADO 51: Mário Freitas (CDS/PP) insurge-se contra a "Breve História de Portugal".
A resposta de Vasco.

MÁQUINA DO TEMPO: «Tossis porque quereis!»
Vestígios que ficaram, sob a forma de publicidade, dos protagonistas da saúde (e da charlatanice) doutros tempos.
Texto de Fernando Gouveia

OPINIÃO: Que farei com este lixo?
«Agora, com um aterro para sete municípios, despejar a caliça da reforma da cozinha pode significar afastar-se cinquenta quilómetros»
Texto de Fernando Gouveia

FIM: Últimos dias do Eito Fora
Liquidação de toda a existência.

OPINIÃO: Outra vez a tradição
«Tive há anos a experiência inesquecível de assistir pessoalmente à invenção de uma "tradição".»
Texto de Rui Bebiano
Ilustração de Francisco Lameirão

PROVOCAÇÕES: Higiene
«"Provocar", que podia ser um cúmulo de excitação, é só um acto de higiene.»
Texto de Rui Ângelo Araújo
Ilustração de Paulo Araújo

1, 2, 3, CARICATURA: Bravo Trás-os-Montes
«Esta é a região que defendemos.»

'Andarilho', símbolo do EITO FORA

ESCRIVANINHA: Símbolo a 'Escrivaninha'

Exaurida [1]
«Tropecei hoje nesta palavra e fiquei pensativa.»
(Anacrónica de Luísa Costa)

exaurida [2]
«chamo-me Exaurida suares dos Prantos e possuo uma agência de suicídios ao domicílio.»
(Anacrónica de Manuel Guimarães)

Lo que ha ocurrido aquí
O ataque ao World Trade Center pela pena de quem viu de perto.
(Prosa poética de Dulce García)

Supondo haver uma razão para ser feliz
«Deixo este fim de mundo e regresso ao mundo à beira do fim.»
(Pro(e)s(i)a de Vítor Nogueira)

Poesia
Produções de Eugénio Branco, Vítor Nogueira, Troglodýtes Trogloditikós, Maria Costa e Rui Pires Cabral.

EITO FORA: transmontano sem preconceitos

vai para o topo da página Participaram neste número: Carlos Chaves, Dora Mota, Dulce García, Eugénio Branco, Fernando Gouveia, Francisco Lameirão, Francisco Legatheaux, Luísa Costa, Luís C. Teixeira, Manuel Guimarães, Maria Costa, Paulo Araújo, Rui Ângelo Araújo, Rui Bebiano, Rui Pires Cabral, Troglodýtes Trogloditikós e Vítor Nogueira.